Global Game Jam 2017



Olá! Pela primeira vez postando aqui Prof. Carvalho, e já vim falar sobre a Global Game Jam!
Mas Professor, o que seria uma "Game Jam" e a que horas passa na Globo?
Resposta rápida: É um monte de doido que se reúne através do Globo terrestre (ou seria Disco terrestre?) para criar jogos dentro de um prazo de 48 horas! Sim, criar jogos com um prazo um pouco maior que alguns desenvolvedores da Atari tiveram durante a explosão dos videogames para criar jogos que afundaram a indústria de videogames suas obras-primas.
Resposta mais detalhada ficaria um pouco grande pra página inicial que me deu tanto trabalho pra ajeitar... Sigam-me os bons!


Então, como foi mencionado, a Global Game Jam é um evento internacional que ocorre todo ano desde 2009 no qual várias pessoas que se interessam em fazer jogos se reúnem pelo desafio de criar um jogo dentro de 48 horas, que se passa entre 17:00h de uma sexta-feira até 17:00h de domingo sobre um tema que só deve ser revelado no exato início do evento e não pode ser dito em público na internet até que o Hawaii, o último a iniciar o evento por causa do fuso-horário, saiba do tema.

Adicionalmente, se você estiver perdido sobre o que fazer, quiser uma ideia adicional, tiver achando muito fácil ou simplesmente for V1D4 L0C4, pode consultar os Diversifiers, que são como desafios, archievements, para o jogo. Desde coisas como fazer um jogo com propriedade intelectual que caiu em domínio público no ano, fazer um jogo com estética 8-bits, usar apenas o mouse, até coisas bem mais interessantes, como fazer um jogo controlado por um instrumento musical de verdade, fazer um jogo pra ser jogado por gatos ou um jogo para NES!

Mas não são apenas esses desafios que inspiram a participar desse evento, também é a oportunidade de conhecer outras pessoas interessadas no assunto e de aprender coisas novas, principalmente se você é um iniciante nas artes ocultas da criação de jogos.

Óbvio que sempre haverá dificuldades dependendo de onde você vá participar, mas tudo isso faz parte da diversão (mesmo que você tenha que pedir a chave do banheiro pra tomar banho e pagar a própria comida e fazer altos paranauês pra conseguir o entregador vir deixar numa faculdade 23:30h), mas é nas dificuldades é que se encontra a criatividade e é de criatividade que vivem os jogos indies (os jogos AAA vivem de Gráficos pesados, Nostalgia e/ou Sacanagem e violência).

E aqui estamos nós, aspirantes a game designers, game developers, game musicians, game entusiasters, game gamers, etc... Todos juntos ao redor de globo partilhando juntos de momentos que podem ser históricos na indústria dos jogos, como um certo joguinho chamado "Surgeon Simulator" ou momentos que podem ser históricos na sua vida, sempre há algo que aprender e certamente tentar fazer um jogo em 48 horas sobre um tema novo .Em 2013, por exemplo, o tema nada mais era do que um áudio onde se ouvia batimentos cardíacos e em 2012, uma figura do Ouroboros, o que gerou a ideia pra esse jogo genialmente simples: "1up Your Ass".
Neste ano de 2017, a minha Faculdade, mais especificamente o bloco do meu curso, foi um dos locais cadastrados para receber esse evento tão inspirador, e lá estive eu:

Sala de Produção da Sede UFC - "Bloco SMD" da GGJ2017
E não, essa não foi minha primeira participação, também participei em 2015, onde fiz um jogo sozinho com base no desafio de criar um jogo em batch, sem gráficos, o "ASDF History" (recomendo baixar do dropbox, que tem a versão corrigida) sob o tema "O que vamos fazer agora?" e foi uma experiência bem interessante regada a bastante café, graças a alguém que levou uma cafeteira e coisas pra preparar o café, falta de sono (dormi quase o dia inteiro depois), e muto frio nas salas da FIC - Estácio.

Já em 2016, ainda na FIC, as coisas ficaram mais interessantes, não só eu estava mais preparado, levando inclusive um arduíno e uma Harpa laser que não funcionou (Sim, eu quase fiz uma,só que o laser parou de funcionar) eu tive a companhia do meu ilustríssimo amigo, que quase ninguém aqui conhece, Kapan e com ele e um dos organizadores (que é professor dele inclusive) fizemos o maravilhoso "Repita" que apesar de simples com seus gráficos 2D, é bem desafiador e quase explodi de rir vendo o pessoal não conseguindo ganhar. Sério, se reuniu maior galera pra tentar e praticamente todos falharam em levar o 'Bijinessu' desenhado pelo Kapan ao final da fase... As emoções fortes incluíram uma entrega que demorou 2h até a gente descobrir que o local já tinha sido fechado e mais um tempo até que se fizesse outra entrega que chegou já lá pras meia-noite, a falta de uma cafeteira ou qualquer coisa pra preparar algo mais nutritivo que água fervente (apesar de alguém ter tentado esquentar uma lasanha de microondas no negócio elétrico de esquentar água) e um mini-campeonato de sinuca. O tema foi "Ritual", note que não se refere apenas ao que você deve ter pensado, mas basicamente a algo rotineiro como por exemplo em "Hello World". Er... Isso deve ser rotineiro no Japão, eu acho

E finalmente 2017‼ Em um novo ambiente, dessa vez preparado com um colchão inflável, pipocas de microondas, visto que dessa vez finalmente tínhamos um microondas, porém nada mais que isso e como equipe, apenas meu colega de sala que já estávamos fazendo outro jogo, sendo esse para o trabalho final do semestre e causa do atraso deste post. Dessa vez o Mr. Kapan não só não tinha muito como estar indo pra UFC, como teve outras coisas a fazer e não pode participar. Senti a falta dele, pois meu colega só foi no primeiro dia (Que inclusive era dia de aula, a GGJ estava a apenas uma escada de distância do local da aula, inclusive a gente tinha aula no laboratório que foi reservado ao evento), enquanto que no ano anterior o Kapan foi todos os dias mesmo voltando pra dormir em casa e isso foi muito importante. Dessa vez o jogo que fiz foi com gráficos 3D que demoraram um pouco a chegar, mas que ficaram lindos!

Nesse ano, eu tive um gostinho de como foi a ocupação do bloco, que fica no meio do nada e nem mesmo teve o carinha que vende lanche e disse que ia estar lá. Felizmente uma moça que estava participando, foi dormir em casa e trouxe um baú cheio de coisas pro café da manhã e compartilhou com os outros Jammers. O tema foi Ondas e em meio a tantos jogos Tower Defense, produzi o runner "Runr", com suas ondas de bichinhos que se colocaram uns em cima dos outros em forma de onda, mesmo eu não tendo programado eles pra fazerem isso e com o background que muda de cor, uma vez que o nome do diversifier era uma referência à Doctor Who. E já que no japão o evento termina antes da gente, inspirei um meme em meus colegas por causa do jogo "電波ちゃん" e seu maravilhoso Engrish enquanto eu esperava as artes do jogo chegarem... Foi a Game Jam que eu dormi melhor, desconsiderando a quantidade catastrófica de poeira do bloco.

Por fim, se após ler sobre algumas de minhas aventuras na Global Game Jam ou simplesmente pela introdução você se interessou, deixo aqui o vídeo de introdução a Game Jam de 2013, contando um pouco da história do evento:



0 comentários:

Postar um comentário